A Amazônia é do Brasil ?

A Amazônia é do Brasil ?

A Amazônia ou Floresta Amazônica é referente a uma área florestal latifoliada que se estende por toda a área da Bacia Amazônica da América do Sul com cerca de 7 milhões de quilômetros quadrados, sendo 5 milhões cobertos por floresta tropical.

Amazônia está presente no território de nove países da América do Sul:

– Brasil (país detém 60% de toda a floresta)

– Peru (país detém 13% de toda a floresta)

– Colômbia

– Venezuela

– Equador

– Bolívia

– Guiana

– Suriname

– Guiana Francesa

A Amazônia representa mais da metade das florestas tropicais remanescentes no planeta com alto índice de biodiversidade de espécies. No Brasil, a floresta amazônica presente em nosso território é delimitada por uma área referida como “Amazônia Legal” desde a criação do SUDAM (Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia) em 1966.

Mas, e aí? A Amazônia pertence de fato ao Brasil e aos demais oitos países da América do Sul?

Além de ser um dos biomas mais importantes do Brasil e do mundo, a Amazônia também sofre pressão econômica e política para a elaboração de atividades extrativistas legais e ilegais, sendo uma região onde também ocorrem casos de disputas de terra e violência há décadas sem efetiva fiscalização dos estados e das nações que possuem a Amazônia em seus territórios.

Há muitos anos, ouvimos que interesses nacionais e , principalmente, estrangeiros tivessem o plano de “desestatizar” a Amazônia tornando-a numa região científica internacional, assim como fizeram com a Antártida, se isso acontecer a floresta Amazônica seria arrancada do mapa do Brasil. Outra possibilidade de risco à floresta é o de repartir grande parte da floresta entre as principais multinacionais do planeta mantendo o desenho territorial político de cada país.

Além da questão política, há fatores econômicos e científicos que geram novos interesses sobre a região, algumas substâncias químicas extraídas de espécies de plantas amazônicas já foram patenteadas por empresas e centros de pesquisa no exterior. Um grande exemplo é a substância espilantol extraída da planta jambu, essa substância provoca dormência na boca e tem sido foco de pesquisas no desenvolvimento de anestésicos. A planta jambu é encontrada na Amazônia e também utilizada na culinária local. Mas, segundo o INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) há mais de 400 pedidos e concessões de patentes relacionadas ao jambu solicitadas em todo o mundo por centros de pesquisas e empresas.

O Japão registrou 137 solicitações de patentes para o jambu seguido pelos EUA com 102 pedidos, o Brasil possui apenas 15 pedidos de patentes e autorização para realizar pesquisar sobre essa planta.

Portanto, além de proteger a floresta e suas espécies vivas, é necessário defender a soberania das nove nações sobre a região amazônica, defender a propriedade científica e intelectual sobre as fontes fitoterápicas da flora amazonense, resguardar a diversidade cultural da região, desenvolver projetos de economia sustentável e programas de segurança.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*