Educação ambiental na escola

Educação ambiental na escola

Conhecer e respeitar a importância da natureza em nossas vidas e no nosso agir socioeconômico é essencial para começarmos a construir uma sociedade sustentável e mais consciente em relação ao meio ambiente.

Um dos caminhos é a educação. A educação ambiental pode ser inserida na escola através de diferentes disciplinas regulares e por meio de atividades educacionais, artísticas e lúdicas que busquem informar e conscientizar o estudante junto com o corpo docente.

O que é educação ambiental?

A educação ambiental é um conjunto de iniciativas aplicadas para o processo de educação que possui como objetivo a formação de indivíduos conscientes em relação às questões ambientes.

Esse indivíduo em sua formação como cidadão consciente deve se manter atento à conservação e preservação dos recursos naturais, engajado em projetos de sustentabilidade com visão sobre os diferentes aspectos dos diferentes temas ecológicos e ambientais.

Educação ambiental na sociedade

A educação ambiental também pode ser onipresente fora da escola no cotidiano da sociedade civil e das instituições do Estado. Essa presença constante pode ser realizada através da popularização dos temas ecológicos e ambientais.

Manter a sociedade informada e engajada sobre o respeito que devemos ter em relação à fauna e a flora é compromisso presente da educação e da informação ambiental.

Aspectos da educação ambiental

A educação ambienta pode abordar aspectos sociais, econômicos, geográficos, históricos, artísticos, midiático, científicos, políticos e éticos. Todos os conhecimentos apresentados em sala de aula podem compor e servir de exemplos na elaboração de conteúdo.

Vertentes da educação ambiental

Numa visão pedagógica, a educação ambiental apresenta duas vertentes, a conservadora e a crítica. A conservadora é considerada a área pioneira da educação ambiental, ela considera o indivíduo como ponto inicial para a criação de uma sociedade sustentável e consciente.

A vertente crítica coloca o indivíduo como parte do meio e como parte do problema. Se o cidadão é o agente causador de impactos ambientais ele também deve ser o responsável pela mudança e pela geração de soluções.

Impactos no meio ambiente

Teorias e práticas que formam o pensamento crítico e analítico a respeito dos impactos das ações humanas no meio ambiente devem fazer parte da escola, da universidade, das empresas, instituições públicas e governos.

Sabemos que, no processo de desenvolvimento das quatro revoluções industriais, o planeta sofreu impactos sociais e ambientais que geraram disparidades sociais, desmatamentos, erosão, poluição de diferentes tipos, extinção de espécies e perda na qualidade de vida.

Educação ambiental no Brasil

O Brasil é um dos países que possuem legislação referente a esta área educacional. No país, a PNEA (Política Nacional de Educação Ambiental) foi apresentada em 1999 e pela lei nº 9.795 afirma:

A educação ambiental é um componente essencial e permanente da educação nacional, devendo estar presente, de forma articulada, em todos os níveis e modalidades do processo educativo, em caráter formal e não formal.

Benefícios da educação ambiental

Em 1975, a partir do Congresso de Belgrado, a Educação Ambiental é conceituada como um vasto processo que tem como objetivo a formação de uma população mundial mais consciente e atenta com os problemas ambientais.

Os principais benefícios da educação ambiental são: a formação de uma sociedade melhor e mais consciente, aproximação pacífica entre o ser humano e a natureza, geração de pesquisas e novos conhecimentos, compartilhamento de competências, sentimento de engajamento e elevação da qualidade de vida.

O principal benefício da educação ambiental é a preservação do meio ambiente e da vida. Permitido respeito aos recursos naturais e a todas as condições de vida.

Leia gibis e quadrinhos ecológicos: http://www.loja.oiarte.com/

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*